Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

Nunca se arrependa...

Imagem

Sem Limites

Imagem
Suave foi minha brisa de verão
Onde pude ver seu vulto
Vagando amorosamente
Na chuva de verão
Fugi na tempestade do final da tarde
Para amenizar a dor da minha saudade
Enrolei-me nas águas e me perdi
Agora serei folha caída no outono
Mas nada terá o poder de me angustiar
De arrebatar minhas forças com regras sociais
Com tranquilidade o Universo me leva ao seu encontro
Respiro nosso desejo de conexão
Na maravilhosa definição de sua existência
Sem  fuga nossas vidas escolheram-se
Arrebatando-nos para outra dimensão
Onde não seremos cobrados, analisados, avaliados
Livres, eternamente livres em nosso amor



Célia Rangel

Por que sempre há um crucifixo nos altares?

Imagem
No centro da ação litúrgica da Igreja, está Cristo e seu mistério pascal. Portanto, a celebração litúrgica deve tornar evidente esta verdade teológica. E, desde quase sempre, o símbolo escolhido pela Igreja para a orientação do coração e da mente do cristão durante a missa ou a liturgia é a representação de Jesus crucificado. O crucifixo é o principal elemento sobre o altar, porque a missa é o santo sacrifício, memorial da paixão, morte e ressurreição do Senhor. Antigamente, a liturgia prescrevia o costume de que tanto o sacerdote quanto os fiéis se posicionassem na direção do crucifixo durante a missa. O crucifixo era colocado no centro do altar (que naquela época ficava ligado à parede). Isso nos dá a entender a centralidade do crucifixo na celebração do culto divino, e era muito mais destacado no passado. De fato, a presença da cruz na celebração da missa está certificada desde o século V. O crucifixo fica sobre o altar para recordar à assembleia e ao ministro celebrante que a vít…

Dia Internacional da Síndrome de Down!

Imagem
21 de março, Dia Internacional da Síndrome de Down! "A vida fica bem mais simples quando é vista com o coração." 

Vem aí...I Encontro Vocacional

Imagem

Hino ao Glorioso São José

Imagem
Confira o Hino ao Glorioso São José:

A Samaritana e Jesus

Imagem
Texto Evangelho: Jo 4,5-42
“Se conhecesses o dom de Deus e quem é que te diz:dá-me de beber, seria tu que lhe pedirias, e ele te daria água viva” Seguindo nosso itinerário quaresmal, hoje, temos a oportunidade de refletirmos o encontro que dignifica a dignidade humana e qualifica o mistério da redenção oferecido na cruz a todos nós. Passar pela tentação (1º Domingo) e pela transfiguração (2º domingo) é escolher viver a dinâmica do evangelho desse domingo. Ele que quando praticado, sem dicotomia com dos outros domingos, plenifica o cristianismo que somos chamados a viver. Jesus chega naquela pequena cidade, já cansado da viagem e senta ao poço de Jacó. Logo chega uma mulher desconhecida e sem nome, sabe-se que é uma samaritana. Jesus inicia o diálogo pedindo o que beber. Uma pergunta inusitada tanto para a samaritana como para nós. Para a samaritana e para todo o povo de Israel era imaginável um diálogo de um judeu com uma samaritana (primeiro por ela ser mulher, segundo que os samarit…

Somos balões...

Imagem

Hoje é dia de São Longuinho!

Imagem
“Verdadeiramente, este homem era Filho de Deus”, esta é a profissão de fé feita pelo soldado romano que, após a crucificação, furou o lado de Jesus com uma lança e se converteu, o qual foi identificado como São Longuinho, cuja festa é celebrada neste dia 15 de março. Longuinho viveu nos primeiros séculos, era o centurião que, por ordens de Pilatos, esteve com outros soldados ao pé da cruz de Jesus Cristo. O Evangelho de São João relata quando os soldados foram quebrar as pernas dos dois homens que estavam crucificados ao lado de Jesus, mas quando chegaram diante de Cristo, “como o vissem já morto, não lhe quebraram as pernas, mas um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança e, imediatamente, saiu sangue e água” (Jo 19,33-34). Este soldado que perfurou o lado de Jesus foi identificado com o nome Longuinho, derivado do grego que significa “uma lança”. Foi ele quem, ao ver as poderosas manifestações da natureza após a morte de Cristo, disse a famosa frase que o fez o primeiro converti…

O que são Sacramentais?

Imagem
Na Quarta-feira de Cinzas, quando se impõe um sacramental, isto é, as cinzas que são colocadas na cabeça como sinal de penitência. Saiba o que são os sacramentais e o seu sentido na nossa vida cristã. A blogueira católica Jenny Uebbing escreveu um recente artigo no qual explica o sentido e o uso dos sacramentais na vida cotidiana do cristão. No blog “Mama needs coffee” de CNA – agência em inglês do grupo ACI – Uebbing explica que a palavra “sacramental” é “utilizada pela teologia para designar aqueles artigos aparentemente normais, aos quais temos acesso durante nossa batalha contra o mal ao longo de nossa vida”. Segundo o Catecismo, os sacramentais “são sinais sagrados por meio dos quais, imitando de algum modo os sacramentos, se significam e se obtêm, pela oração da Igreja, efeitos principalmente de ordem espiritual”. “Por meio deles, dispõem-se os homens para a recepção do principal efeito dos sacramentos e são santificadas as várias circunstâncias da vida”. Uebbing explicou que, …

A vida é curta...

Imagem

5 coisas que devemos saber sobre a Quaresma

Imagem
A Quaresma é um tempo litúrgico em que por 40 dias a Igreja chama os fiéis à penitência e à conversão, para se preparar verdadeiramente para viver os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo na Semana Santa. Aqui estão cinco pontos que todo católico deve saber sobre a Quaresma:
1. Oração, mortificação e caridade: as três práticas quaresmais A oração é uma condição indispensável para o encontro com Deus. Na oração, o cristão entra em diálogo íntimo com o Senhor, deixa que a graça entre em seu coração e, como Maria, abre-se para a oração do Espírito cooperando com ela em sua resposta livre e generosa (ver Lc 1,38). A mortificação se realiza cotidianamente e sem a necessidade de fazer grandes sacrifícios. Com ela, são oferecidos a Cristo aqueles momentos que geram desânimo no transcorrer do dia e se aceita com humildade, gozo e alegria, todas as diversidades que chegam. Da mesma forma, saber renunciar a certas coisas legítimas ajuda a viver o desapego e desprendimento. Dentro…

4 anos de Pontificado de Franscisco

Imagem
Hoje, 13 de março, faz 4 anos desde que o Arcebispo de Buenos Aires (Argentina), o então Cardeal Jorge Mario Bergoglio, foi eleito Sucessor de São Pedro, tornando-se assim o primeiro Papa latino-americano e jesuíta. Antes da eleição, os cardeais já tinham concordado que independente de quem fosse eleito, deveria começar uma profunda reforma na Cúria Romana. Nestes anos, Francisco demonstrou ser o Papa para estes tempos e segue chamando a atenção de muitos, dentro e fora da Igreja, por sua simplicidade, desprendimento, audácia e proximidade. Após um mês de sua eleição, Francisco criou um Conselho para a reforma institucional da cúria, da qual participam 9 cardeais de sua confiança, grupo conhecido como C9. Uma das tarefas nas quais o Pontífice mais se comprometeu para garantir a transparência financeira do Vaticano é a reforma econômica dos distintos órgãos da Cúria. Criou o Conselho e a Secretaria de Economia, presidido pelo Cardeal George Pell. No segundo ano, o Papa realizou viagen…

Sejamos atrevidos!!! rsrs

Imagem

Oração da Campanha da Fraternidade 2017

Imagem
Deus, nosso Pai e Senhor, nós vos louvamos e bendizemos, por vossa infinita bondade.
Criastes o universo com sabedoria e o entregastes em nossas frágeis mãos para que dele cuidemos com carinho e amor.
Ajudai-nos a ser responsáveis e zelosos pela Casa Comum. Cresça, em nosso imenso Brasil, o desejo e o empenho de cuidar mais e mais da vida das pessoas, e da beleza e riqueza da criação, alimentando o sonho do novo céu e da nova terra que prometestes.

Amém!

Hino da Campanha da Fraternidade 2017

Imagem

Conheça a Campanha da Fraternidade 2017

Imagem
Campanha da Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida; cultivar e guardar a criação A Campanha da Fraternidade deste ano é sobre a ecologia, com o objetivo de despertar no povo a necessidade de cuidar bem da Terra, não poluir a água, o solo e o ar, pois, essa poluição volta-se contra o homem. O lema da Campanha é “Cultivar e guardar a criação”. Papa Francisco publicou a encíclica sobre o meio ambiente e a ecologia: Laudato Si (Louvado sejas). Logo, o Papa pergunta: “Que tipo de mundo queremos deixar a quem vai nos suceder, às crianças que estão a crescer?”. Ele pergunta: “Que necessidade tem de nós a Terra?”. Nitidamente, o Papa se baseou no canto de São Francisco de Assis em louvor à criação divina. “Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe Terra, que nos sustenta e governa, produz variados frutos com flores coloridas e verduras”. Assim se exprimia São Francisco de Assis, no seu célebre “Cântico do Irmão Sol” ou “Cântico das criaturas”, no qual expressa o seu louvor…

Convertei-vos!

Imagem

Por que fazer Jejum?

Imagem
A prática do jejum nos ajuda a estarmos prontos para a renúncia Não existe uma forma menos “sofrida” de adquirir a virtude da temperança? São João Cassiano (370-435) explica por que é necessário que o corpo sofra um pouco. A razão é muito simples: não é possível cometer o pecado da gula sem a cooperação do corpo. E isso é evidente, já que os anjos, por exemplo, não podem pecar por gula, no sentido próprio da palavra. Ora, se é com o corpo que acontece o pecado, o combate à doença da gastrimargia só pode acontecer caso o corpo entre na luta. Por isso, deve-se fazer jejum. Esses dois vícios [a gula e a luxúria], por não se consumarem sem a participação da carne, exigem, além dos remédios espirituais, a prática da abstinência.
Não basta o propósito do espírito Na verdade, para quebrar os seus grilhões, não basta o propósito do espírito (como acontece em relação à ira, à tristeza e às outras paixões que, sem afligir o corpo, a alma sozinha consegue vencer), mas é imprescindível a mortifi…

Apaixonar-se por Deus...

Imagem
"Apaixonar-se por Deus é o maior dos romances; procurá-lo a maior aventura;encontrá-lo a maior de todas as realizações" (Santo Agostinho)

As Tentações de Jesus

Imagem
Evangelho segundo São Mateus (Mt 4, 1-11)
Naquele tempo, o Espírito conduziu Jesus ao deserto, a fim de ser tentado pelo diabo. Jejuou durante quarenta dias e quarenta noites e, por fim, teve fome. O tentador aproximou-se e disse-lhe: «Se Tu és o Filho de Deus, ordena que estas pedras se convertam em pães.» Respondeu-lhe Jesus: «Está escrito: Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.» Então, o diabo conduziu-o à cidade santa e, colocando-o sobre o pináculo do templo, disse-lhe: «Se Tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo, pois está escrito: Dará a teu respeito ordens aos seus anjos; eles suster-te-ão nas suas mãos para que os teus pés não se firam nalguma pedra.» Disse-lhe Jesus: «Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus!»Em seguida, o diabo conduziu-o a um monte muito alto e, mostrando-lhe todos os reinos do mundo com a sua glória, disse-lhe: «Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.» Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois e…

Nada a Perder

Imagem
Meu nascer pode não ter sido por amor Mas vim para amar e despejar amor no mundo Há corações que recebem e partilham Há outros sonolentos e preguiçosos Que não veem e não se deixam contagiar Se puder, sinta que isso não é fraqueza Estar aberta à paixão, ao envolvimento É jamais desolar-se pelo que não fez É deixar calar em seu âmago, o arrepio da emoção No tempo destinado à vida que tudo comporta Melhor, muito melhor apaixonar-se pelo amor Ainda que seja em outro outono, mais acolhedor Que ora triste, ora feliz delineia-se nos sulcos do rosto Onde meus olhos reconhecem cada um pelo nome São evidencias das marcas da vida – não de folha seca Pois, do que eu podo renascem focos brilhantes Marca de uma ação amorosa vital como me relaciono Tudo é som, é vida, é afago, é a minha porção melhor Que segue em caminhos de encontros inesquecíveis Todos retidos na memória do coração.


Célia Rangel

É tempo de irmos ao encontro do Senhor!

Imagem

As Vitórias de Nossa Senhora na Vida da Igreja

Imagem

Qual sentido das Cinzas?

Imagem
A Quarta-feira de Cinzas foi instituída há muito tempo na Igreja; marca o início da Quaresma, tempo de penitência e oração mais intensa. Para os antigos judeus se sentar sobre as cinzas já significava arrependimento dos pecados e volta para Deus. As Cinzas bentas e colocadas sobre as nossas cabeças nos fazem lembrar que vamos morrer; que somos pó e que ao pó da terra voltaremos (cf. Gn 3, 19) para que nosso corpo seja refeito por Deus de maneira gloriosa para não mais perecer. Qual é o sentido?            A intenção deste sacramental é levar-nos ao arrependimento dos pecados, marcando o início da Quaresma; e fazer-nos lembrar que não podemos nos apegar a esta vida achando que a felicidade plena possa ser construída aqui. É uma ilusão perigosa. A morada definitiva é o céu.            A maioria das pessoas, mesmo os cristãos, passa a vida lutando para “construir o céu na terra”. É um grande engano. Jamais construíremos o céu na terra; jamais a felicidade será perfeita no val…

Seminaristas realizam retiro em Itajubá

Imagem
Os Seminaristas da Filosofia, Teologia e os Estagiários do Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora Auxiliadora, realizaram seu retiro semestral na Comunidade Sol de Deus em Itajubá durantes os dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro. O pregador foi o Cônego Wilson Mário com o tema: "Nos passos de Pedro sou chamado a deixar a barca, escutar atentamente a Palavra, avançar para águas mais profundas e seguir o mestre." Confira algumas fotos do retiro:




:

Palavras do Papa sobre a Quaresma

Imagem
Segundo o site ACI Digital, a Quaresma é uma época propícia para a conversão, para se renovar por meio dos sacramentos, para reconhecer-se pecador, buscar o perdão de Deus e começar de novo o caminho para a Páscoa, “a vitória de Cristo sobre a morte”. É o que assinala o Papa Francisco em sua mensagem por ocasião da Quaresma de 2017, que, com o título “A Palavra é um dom. O outro é um dom”, foi divulgada nesta terça-feira. Francisco explica que, mediante o jejum, a oração e a esmola, a Quaresma é o tempo mais adequado “para intensificarmos a vida espiritual”. Na mensagem, o Pontífice afirma que “a Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro: a Páscoa de Ressurreição, a vitória de Cristo sobre a morte”. “E este tempo não cessa de nos dirigir um forte convite à conversão: o cristão é chamado a voltar para Deus ‘de todo o coração’, não se contentando com uma vida medíocre, mas crescendo na amizade do Senhor”, afirma o Santo Padre. A mensagem do Papa se articula em…