segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Madre Teresa de Calcutá será canonizada!

No domingo, 4 de setembro, o Papa Francisco canonizará Madre Teresa de Calcutá, na Praça São Pedro. Madre Teresa se tornará oficialmente a santa da caridade. Será um dos momentos mais importantes do Jubileu da Misericórdia.
Madre Teresa é a fundadora da Congregação das Missionárias da Caridade. A Igreja celebrará a festa litúrgica da nova santa no dia 5 de setembro.
Milagre
O milagre atribuído à intercessão da Madre Teresa de Calcutá ocorreu no Brasil. Trata-se da cura inexplicável de um homem em Santos/SP, em 2008, e que não tem explicação científica. Foi comprovado pelos médicos e concedido por Deus por meio de Madre Teresa de Calcutá e aprovado pelo Conselho Teológico.

Vida e santidade
Madre Teresa nasceu Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, em Skopje, Macedônia, no dia 26 de agosto de 1910 e faleceu em  Calcutá, no dia 5 de setembro de 1997. Sua família era de descendência albanesa. Aos 12 anos de idade, Anjezë sentiu o chamado de Deus e soube que tinha de ser uma missionária para espalhar o amor de Cristo. Com 18 anos ela deixou a casa paterna em Skopje e se juntou às Irmãs de Loreto, uma comunidade irlandesa de freiras com missões na Índia. Depois de poucos meses de treinamento em Dublin, ela foi enviada para à Índia, aonde fez seus votos iniciais de freira, em 24 de maio de 1931.
De 1931 até 1948, Madre Teresa ensinou no Colégio Santa Maria de Calcutá, porém o sofrimento e a pobreza, que observava fora das paredes do convento, causou-lhe profunda impressão. Em 1948 ela recebeu permissão de suas superioras para deixar a escola no convento para devotar-se ao trabalho entre os mais pobres entre os pobres nas “favelas” de Calcutá. Embora não tivesse recursos financeiros, pois dependia unicamente da Providência Divina, ela começou uma escola ao ar livre para crianças daqueles bairros pobres. Logo outros voluntários se uniram à ela, e o suporte financeiro também apareceu. Isto lhe trouxe a possibilidade de estender o projeto da sua obra.
Em 07 de outubro de 1950, Madre Teresa recebeu permissão da Santa Sé para iniciar uma nova Ordem: As “Missionárias da Caridade”, cuja tarefa principal era amar e cuidar daquelas pessoas que não tinham ninguém por si. Em 1965 a Sociedade tornou-se uma Família Religiosa Internacional por um decreto do Papa Paulo VI.
A Sociedade das Missionárias da Caridade espalhou-se por todo mundo e o trabalho de Madre Teresa também obteve reconhecimento mundial. Ela recebeu inúmeros prêmios e distinções, incluindo o Prêmio da Paz Papa João XXII e o Prêmio Nerhu pela promoção da paz internacional e entendimento, em 1972. Ela também recebeu o Prêmio Nobel para a Paz em 1979 e a Medalha Presidencial da Liberdade dos Estados Unidos, 1985.
Foi beatificada em 19 de outubro de 2003, com a ocorrência de um milagre ocorrido com Monica Besra, uma indiana, que foi curada de um tumor no estômago de forma inexplicável e cuja cura foi atribuída a Madre Teresa.
Logotipo
Foi criado em Mumbai, na Índia, o logotipo oficial da Canonização de Madre Teresa de Calcutá, que terá lugar no Vaticano, no próximo dia 4 de setembro. O logotipo foi criado pela designer indiana, Karen Vaswani Nee D’Lima, católica, da paróquia de Nossa Senhora das Vitórias, em um bairro de Mumbai.
Karen iniciou a sua carreira de designer aos 21 anos de idade. Ela oferece, gratuitamente, este seu serviço profissional a muitas paróquias da cidade, tudo pela “Glória de Deus”, segundo o espírito de Madre Teresa.
“Eu nunca encontrei Madre Teresa pessoalmente, mas sempre tive grande admiração pelo seu trabalho. Devido à minha experiência profissional, sempre estive envolvida nas obras de caridade”, explicou Karen.

Informações: Rádio Vaticana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Que o caminho seja brando a teus pés,
o vento sopre leve em teus ombros,
Que o sol brilhe cálido sobre sua face,
as chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
Deus te guarde na palma de sua mão"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...