Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Papa presidirá Vigília de oração pelos que sofrem

Imagem
No próximo dia 5 de maio, na Basílica de São Pedro, o Papa Francisco presidirá uma Vigília de oração. A vigília “Para enxugar as lágrimas” dos que sofrem uma dor física ou espiritual. Na oportunidade estará exposto o relicário de Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa para a veneração dos fiéis. A vigília ocorre por ocasião do Jubileu da Misericórdia. Segundo a Rádio Vaticano, “consolar os afligidos, é uma das sete obras de misericórdia espirituais”. Nesse sentido, este evento permitirá “enxugar os rostos banhados por lágrimas de um sofrimento físico ou espiritual, trazendo consolação e esperança. Este evento Jubilar quer ser sinal visível da misericórdia do Pai, que estende suas mãos para enxugar as lágrimas de uma mãe ou de um pai que perderam um filho, de um filho que perdeu um pai, de quem enfrenta uma doença ou perdeu o trabalho ou não encontra algum, de quem vive situações de discórdia na família e de quem sente solidão porque tem idade avançada, de quem sofre um desconforto ex…

E não é que tem razão? rsrsrs

Imagem

Papa alerta contra o clericalismo e diz que leigos são o coração da Igreja

Imagem
O Papa enviou uma carta ao Presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina, o Cardeal Marc Ouellet, sobre o papel do leigo na vida pública e recorda que esta é uma das maiores riquezas do Concílio Vaticano II. Por ocasião da Assembleia Plenária celebrada recentemente por tal Comissão sobre a missão dos fiéis na vida pública da América Latina, Francisco conta como foi a sua reunião com eles e trocaram algumas reflexões. Sobre isto mesmo, pede que “o espírito de discernimento e reflexão ‘não caia em saco quebrado’; nos ajude e continue estimulando a servir melhor ao Santo Povo fiel de Deus” e alerta acerca dos perigos do clericalismo. O Pontífice assinala que os bispos “como pastores são continuamente convidados a olhar” o Santo Povo fiel de Deus (os leigos) para “proteger, acompanhar, sustentar e servir”.           “Um pai não se entende a si mesmo sem seus filhos. Pode ser bom trabalhador, profissional, esposo, amigo, mas o que o torna pai são seus filhos. O mesmo acontece co…

Oração pela necessidade de um emprego

Imagem
O Senhor nos ensina: “Viverás do trabalho de tuas mãos, viverás feliz e satisfeito”. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Pai querido, preciso sustentar a mim mesmo e a minha família. Antes mesmo de pedirmos, o Senhor, como vemos no Salmo, já sabes que temos necessidade de um emprego. Sei que é de Tua vontade que trabalhemos, e hoje preciso de um emprego para cumprir essa Tua vontade. Encontro-me desempregado e em uma péssima situação financeira. Isso traz muitos aborrecimentos: incompreensões, revoltas, mal-estar e ofensas. Sinto-me desvalorizado, sem vontade de rezar nem de fazer outras coisas. Agora, percebo quantas vezes reclamei do meu emprego, do meu empregador, dos meus chefes, colegas de trabalhos e de meu salário! Quantas vezes não fui exemplar em minhas tarefas! Fazia-a com raiva e desprezo, sem me preocupar com o resultado. Falei mal das pessoas, inventei fofocas, caluniei, difamei, mas agora percebo quanto mal eu fiz! Eu não era pago para isso, mas sim para…

Papa atende confissões de adolescentes

Imagem
Neste Ano Santo da Misericórdia, acontece em Roma, nos dias 23 e 25 de abril, o Jubileu dos Adolescentes. Mais de 60 mil se dirigiram ao Vaticano para celebrar com o Santo Padre. Na manhã de sábado dia 23 de abril os adolescentes fizeram o seu caminho jubilar na Via da Conciliação e celebraram o Sacramento da Reconciliação. Para surpresa de todos o Papa Francisco foi um dos 150 sacerdotes que acolheram os jovens numa Praça de São Pedro transformada num grande confessionário. Os adolescentes que foram a Roma têm idades entre os 13 e os 16 anos e são de vários países europeus. O Serviço para a Pastoral Juvenil da Diocese de Roma e o Centro Oratórios Romanos organiza o acolhimento dos adolescentes em Roma nas Paróquias, nos Institutos religiosos, nas Escolas Católicas e em outras estruturas que se disponibilizaram para o acolhimento. Entretanto sete praças no Centro Histórico de Roma acolhem a iniciativa Tendas da Misericórdia, que contam aos jovens e aos cidadãos de Roma e do mundo alg…

Mas afinal, o que é amar?

Imagem
Fomos criados para viver o amor, pois o nosso Criador é Amor. Sem ele, o homem e a mulher não podem ser felizes. Mas, afinal, o que é amar? O que leva muitos casamentos ao fracasso é a noção falsa que se tem do amor hoje. Há no ar uma “caricatura” do amor. Se eu lhe der uma nota de cem reais falsa, você não aceitará, pois ela não vale nada, e você ainda poderia ser incriminado por causa dela. Se você construir uma casa usando cimento falsificado, cuidado porque ela poderá desabar sobre a sua cabeça. Da mesma forma, se você levar para o casamento um amor falso, ele certamente desabará, pois o “cimento” da união é o amor. É preocupante o conceito de amor que está se instaurando na mentalidade dos homens e mulheres. Infelizmente, parece que a cultura do descartável está entrando nas relações humanas. É preciso parar e refletir: Como estou levando meus relacionamentos? Será que amo de verdade? Qual é o verdadeiro sentido do amor? Pois bem, para mostrar bem claro o que é amar, vamos inici…

Onde está seu Navio???

Imagem

Amai-vos uns aos outros!

Imagem
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 13, 31-35)
Quando Judas saiu do Cenáculo, Jesus disse aos seus discípulos: Agora foi glorificado o Filho do Homem e Deus foi glorificado n'Ele. Se Deus foi glorificado n'Ele, Deus também o glorificará em Si mesmo e glorificá-l'O-á sem demorara.Filhinhos, é por pouco tempo que ainda estou convosco. Dou-vos um novo mandamento: que vos ameis uns aos outros. Como Eu vos amei, amai-vos também uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros.»
Preâmbulo ao discurso de Jesus Esta passagem conclui o capítulo 13 no qual se entrelaçam dois temas que de imediato são retomados e desenvolvidos no capítulo 14: para onde o Senhor vai e o tema do mandamento do amor. Algumas considerações acerca de como se articula o contexto em que estão inseridas as palavras de Jesus acerca do mandamento novo podem ajudar-nos nalgumas reflexões preciosas sobre os conteúdos. Em primeiro lugar no vers…

As Vantagens da Solteirice

Imagem
Não tenha medo de estar solteiro por sentir-se sozinho, pois, quando bem encarada, a solteirice pode ajudá-lo a encontrar-se consigo mesmo, fortalecer sua personalidade, trabalhar seus defeitos, fortalecer suas virtudes, conhecer suas qualidades e defeitos, analisar seus valores e assimilar outros.
Esse período também ajuda a ter claro quais são seus anseios, sair mais de você mesmo, desprender-se do egoísmo, dos rancores, ressentimentos, amarguras, curar feridas. Por isso, antes de pensar em encontrar a pessoa ideal, esforce-se por ser a pessoa ideal. Se você quer amar, ame-se primeiro, pois ninguém pode dar o que não tem. Se você quer valorizar, valorize-se primeiro, pois nunca saberá o valor que uma pessoa tem se antes não conhecer seu próprio valor. Se você quer fazer alguém feliz, seja feliz você primeiro, pois, se não for, pode acabar buscando sua própria felicidade no outro, chegando a torná-lo infeliz. Ainda que pareça egoísmo, não é, porque ninguém dá o que não tem. Ame-se c…

Um Tempo diante do Sacrário...

Imagem
"O tempo passado diante do Sacrário é o tempo mais bem empregado da minha vida."  Santa Catarina de Gênova

Amor e Sexo

Imagem
A forma como a humanidade encara o amor e a sexualidade mudou ao longo do tempo. Apesar disso, continua-se buscando realizações sentimentais e satisfações sensoriais

Utilizada originalmente pelas ciências naturais para designar a atração entre dois elementos químicos diferentes, mas afins, a expressão afinidades eletivas ficou mais conhecida por dar título a um romance de Goethe, bastante reproduzido no último século tanto no cinema quanto em peças teatrais. Escrito em 1809, quando o autor já era um sexagenário, é possível que tal título tivesse a intenção de capturar a moderna sina humana "amor-desejo", responsável pelo pêndulo entre o imperativo de nossa natureza - que solicita e deseja, e o imperativo moral, que tanto pode nos constranger quanto nos dignificar - e nossa ânsia de reconhecimento amoroso. É fato que por questionar repetidamente a tão esperada fidelidade, o idealizado casamento e o significado do amor, as paixões inesperadas desconstruiriam as expectativas …

Arquidiocese de Pouso Alegre realiza sua 9ª Assembléia

Imagem
A Arquidiocese de Pouso Alegre se reuniu neste final de semana, 16 e 17 de abril, na Casa de Oração Monsenhor Mauro Tomasinni, em Pouso Alegre, para a realização da fase Arquidiocesana da 9ª Assembleia de Pastoral. Representantes leigos de todas as 67 paróquias, religiosos e religiosas, pastorais e movimentos e todo o clero definiram as prioridades pastorais a serem assumidas para o próximo quadriênio (2016-2019) para a Igreja particular de Pouso Alegre.
Na sua fala de abertura, o Arcebispo Metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgado – C.Ss.R., afirmou que a finalidade de uma Assembleia de Pastoral é viver o encontro com Jesus que enche a vida de alegria, convida à conversão e avalia a qualidade da nossa ação evangelizadora. “Somos convocados como representantes das forças vivas da Igreja particular de Pouso Alegre, cristãos e cristãs que assumem a sua missão, procurando viver intensamente sua fé e demonstrá-la através das boas obras, comprometidos com atividades pastorais e movimen…

Momento político e documento sobre o laicato são apresentados pela CNBB

Imagem
Do Portal a12/ Fotos: Ivan Simas Na última entrevista coletiva da 54ª Assembleia Geral da CNBB a Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) atendeu aos jornalistas presentes em Aparecida (SP), nesta quinta-feira (14). Na ocasião, o Arcebispo de Brasília (DF) e presidente da CNBB, dom Sergio da Rocha destacou as principais discussões apresentadas ao episcopado nos nove dias de assembleia. Questões como a importância do laicato, a comissão dos textos litúrgicos na tradução do missal romano, reflexões sobre a conjuntura política do Brasil, os 60 anos da Cáritas Brasileira, o estudo sobre o Dizimo, Jubileu dos 300 anos e entre muitos outros assuntos estiverem na pauta dos bispos. Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade
O bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner falou do documento sobre o laicato, que deve ser divulgado nos próximos dias pela conferência. Sobre o tema central da assembleia, dom Leonardo reafirmou o papel im…

Apenas Mortais

Imagem
Viver a letargia do amor, É não viver.
Desprover-se de toda aspiração, É não sonhar.
Reduzir ao nada as sensações, É afogar no peito as carícias.
Liberar sentimentos em serenidade, É dar vida ao amor sagrado.
Consagrar na virtude maior, lembranças infindas, É perpetuar o encantamento.
Insultar um amor tão nobre que une, É impingir falsidade no sentir.
Domar a prepotência e impulsos hostis, É poder desfrutar da simplicidade e autenticidade da vida.
Se dermos espaço ao outro ou não, Ainda assim, continuaremos todos, Sendo apenas mortais.


Célia Rangel
Imagem

Comissão Nacional apresenta: Hora da Família 2016

Imagem
A Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) e Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB apresentam a edição 2016 do subsídio “Hora da Família”. Com o tema “Misericórdia na Família: Dom e Missão”, o subsídio oferece sete encontros, além de celebrações como Via-Sacra em família, celebração para o Dia dos Pais, Dia dos Avós e Dia das Mães. Com uma proposta moderna e explicativa, o material é organizado de forma interativa, propondo encontros participativos e celebrativos, buscando envolver a comunidade, famílias, lideranças, crianças, jovens e adultos. “O ‘Hora da Família’, neste ano, quer nos envolver nesse clima da misericórdia divina, com vistas à missão. Não pode ficar unicamente entre os grupos de Pastoral Familiar. A nossa criatividade pastoral deve nos inspirar para que esse conteúdo seja partilhado, multiplicado, servido, também, em muitos outros ambientes onde nem sempre a Palavra está presente: escolas, centros de saúde, meios de comunicação, prédios, ass…

Bispos discutem questões doutrinais em Assembleia

Imagem
Na segunda sessão de trabalhos na manhã do dia 11, os bispos voltam ao texto do tema central, “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade. Sal da terra e luz do mundo”. A primeira sessão é privativa e realizada no Auditório Noé Sotillo, no subsolo do Santuário Nacional de Aparecida. Esta é a segunda apresentação do texto para o plenário e já foram feitos trabalhos de grupo. De acordo com o a assessoria da Assembleia o documento final pode ser votado ainda nesta manhã, caso não existam correções a serem feitas no texto apresentado anteriormente e discutido pelos bispos. Na quarta-feira, 13 de abril, uma sessão especial vai analisar destaques do conteúdo do documento. Além do tema central, os bispos receberão atualizações a respeito de assuntos da Comissão para a Doutrina da Fé. Esse grupo formado por 20 peritos na área de Teologia Sistemática e Moral e na área bíblica, busca assessorar o episcopado quanto a questões de fé e moral. Os bispos também irão receber informações sobre…

A Verdade sobre a Ressurreição de Jesus

Imagem
Os vinte longos séculos do Cristianismo, repletos de êxito e de glória, foram baseados na verdade da Ressurreição de Jesus. Toda a nossa alegria e esperança estão na Ressurreição do Senhor; por isso a Páscoa é a maior festa do calendário litúrgico. A ressurreição do Senhor é a garantia da nossa ressurreição para a vida eterna em Deus, quando então, como nos assegura São Paulo, “Deus será tudo em todos” (1 Cor 15,28). Cristo passou pela morte para destruir a nossa morte e ressuscitou para nos dar uma nova vida, pois: “Todo aquele que está em Cristo, é uma nova criatura. Passou o que era velho; eis que tudo se fez novo!” (2 Cor 5,17). Pelo batismo, o Senhor aplica a cada um de nós a salvação que Ele nos conquistou. Por isso, esse é o primeiro sacramento a ser ministrado a cada fiel. Ensinou-nos o apóstolo: “Ou ignorais que todos os que fomos batizados em Jesus Cristo, fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na sua morte pelo batismo, para que como Cristo ressurgiu…

Senhor tu sabes tudo, tu sabes que te amo!

Imagem
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 21, 1-19) 

Algum tempo depois, Jesus apareceu outra vez aos discípulos, junto ao lago de Tiberíades, e manifestou-se deste modo: estavam juntos Simão Pedro, Tomé, a quem chamavam o Gémeo, Natanael, de Caná da Galileia, os filhos de Zebedeu e outros dois discípulos. Disse-lhes Simão Pedro: «Vou pescar.» Eles responderam-lhe: «Nós também vamos contigo.» Saíram e subiram para o barco, mas naquela noite não apanharam nada. Ao romper do dia, Jesus apresentou-se na margem, mas os discípulos não sabiam que era Ele. Jesus disse-lhes, então: «Rapazes, tendes alguma coisa para comer?» Eles responderam-lhe: «Não.» Disse-lhes Ele: «Lançai a rede para o lado direito do barco e haveis de encontrar.» Lançaram-na e, devido à grande quantidade de peixes, já não tinham forças para a arrastar. Então, o discípulo que Jesus amava disse a Pedro: «É o Senhor!» Simão Pedro, ao ouvir que era o Senhor, apertou a capa, porque estava sem mais roupa, e …

Exortação Apostólica pós-sinoidal Amoris Laetitia

Imagem
Baixe a íntegra da carta do Papa Francisco sobre o amor na família: http://goo.gl/RXfmZS Ou leia a síntese: http://goo.gl/haeMyJ

O Pecado Original aconteceu mesmo?

Imagem
Alguns católicos – até mesmo certos teólogos modernos – colocam em dúvida a realidade e dogma do Pecado original. No entanto, o Catecismo da Igreja Católica é taxativo ao afirmar que o mesmo existiu e que é “um acontecimento primordial, um fato que ocorreu no início da história do homem” (§390); embora o relato da queda (Gn 3) tenha sido narrado com uma linguagem feita de imagens. O Catecismo diz que “O PECADO ORIGINAL É UMA VERDADE ESSENCIAL DA FÉ” (§388), e a Igreja reafirma que a “Revelação dá-nos a certeza de fé de que toda a história humana está marcada pelo pecado original cometido livremente por nossos primeiros pais” (§390). Portanto, nenhum católico pode colocar em dúvida a realidade deste Pecado. O Catecismo ensina que o homem foi tentado pelo Diabo e deixou morrer em seu coração a confiança em seu Criador e, abusando de sua liberdade, desobedeceu ao mandamento de Deus. Foi isto a essência do Pecado original (cf. §397). A Igreja liga diretamente o Pecado original com a Rede…