Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

O Bom Pastor

Imagem
Evangelho: Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas. O mercenário, que não é pastor e a quem as ovelhas não pertencem, vê o lobo chegar e foge; e o lobo as ataca e as dispersa. Por ser apenas mercenário, ele não se importa com as ovelhas. Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas e elas me conhecem, assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas. (Tenho ainda outras ovelhas, que não são deste redil; também a essas devo conduzir, e elas escutarão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor.) É por isso que o Pai me ama: porque dou a minha vida. E assim, eu a recebo de novo. Ninguém me tira a vida, mas eu a dou por própria vontade. Eu tenho poder de dá-la, como tenho poder de recebê-la de novo. Tal é o encargo que recebi do meu Pai.
Reflexão: Jesus é o pastor segundo o coração de Deus
Os domingos do tempo pascal são verdadeira catequese sobre a ressurreição, o mistério pascal e suas consequências para a vida dos cristãos…

Sobre a doença de existir (Parte III)

Imagem
Porém, as diversas abordagens no uso de drogas antidepressivas são tão passíveis de erro quando as reflexões provenientes da Psicologia. Em ambas as áreas, há concordâncias e discordâncias. A posição aqui tomada não é de negar a importância da Psiquiatria e a utilização de remédios, mas de entender que a Psiquiatria necessitaria ser muito mais um auxiliar da Psicologia do que da Medicina. Por isso, levantamos possíveis fatores que poderiam desencadear esse processo que, por um lado, estaria na constituição biológica da pessoa, e, por outro, que seriam potencializadas por características contemporâneas do modo de viver.
Nota-se, portanto, que esse transtorno apresenta sintomas relacionados com os fatores psíquicos, orgânicos, hereditários, sociais, econômicos, religiosos, entre outros, levando a um sofrimento que modifica consideravelmente a qualidade de vida.

EXISTIR E ADOECER
Hoje, ninguém tem o direito de sofrer! Em alguns diálogos, há a ideia de que existir nos traz dúvidas, pois …

Sobre a doença de existir (Parte II)

Imagem
SOBRE A CULTURA DO NARCISISMO
Na sociedade de consumo, o existir está totalmente atrelado ao adoecer, tal hipótese pode ser corroborada por meio de uma análise do narcisismo. A sociedade atual estimula a cultura do narcisismo, pois cada vez mais competimos por um "lugar ao sol" em um mundo que não oferece espaço para todos. As exigências do sucesso provocam enormes desgastes e levam as pessoas a se sentirem obrigadas a atingir objetivos impostos pelo mercado, e a terem que ultrapassar a todo custo suas limitações, indo muitas vezes além do que podem. E assim cria-se uma batalha interior entre o "eu real" e o "eu idealizado", entre o que eu sou e o que eu sonho ser. Consequentemente, a concepção de ser humano é pautada por ter e por aparentemente ser o que esperam de nós. Christopher Lasch (1932-1994) é considerado um grande crítico do modelo de vida próprio das sociedades industriais. É na sua obra, A cultura do narcisismo, que demonstra sua crítica à so…

Sobre a doença de existir (Parte I)

Imagem
Por que existem tantas pessoas com depressão, distúrbios de humor e tantas outras faces de uma mente em desequilíbrio? A tarefa não é fácil, mas, como hipótese, elegemos a maneira de vida contemporânea como um campo fértil para encontrar possíveis fatores propícios para criar um quadro do crescimento de tantas doenças neurológicas. De certa maneira, existir passou a ter pontos em comum com adoecer, e a existência pode passar a ser percebida como doença. O modo de viver moderno é caracterizado pelo desenvolvimento cada vez mais rápido no qual a tecnologia, a cada dia, supera a si mesmo. O homo faber se vê, cada vez mais, diante da necessidade de acompanhar o avanço tecnológico e o desenvolvimento do mercado. En­fim, temos de produzir. Então, quando se observa nosso modo de viver, pode-se dizer que cresce o número de pessoas com estresse, depressão e tantas outras síndromes. Por meio da análise da Neurociência, da Psicologia, da Psiquiatria e da Filosofia, é possível aprofundar a re‑fl…

Aparição aos discípulos

Imagem
Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como o tinham reconhecido ao partir o pão. Ainda estavam falando, quando o próprio Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: “A paz esteja convosco!”. Eles ficaram assustados e cheios de medo, pensando que estavam vendo um espírito. Mas ele disse: “Por que estais preocupados, e por que tendes dúvidas no coração? Vede minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo! Tocai em mim e vede! Um espírito não tem carne, nem ossos, como estais vendo que eu tenho”. E dizendo isso, ele mostrou-lhes as mãos e os pés. Mas eles ainda não podiam acreditar, tanta era sua alegria e sua surpresa. Então Jesus disse: “Tendes aqui alguma coisa para comer?”. Deram-lhe um pedaço de peixe assado. Ele o tomou e comeu diante deles. Depois disse-lhes: “São estas as coisas que eu vos falei quando ainda estava convosco: era necessário que se cumprisse tudo o que está escrito sobre mim na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos”. Então ele abriu a inteligência do…

Os estragos da Tv brasileira

Imagem
Em duas oportunidades – antes de surgir as TVs católicas –, o falecido Cardeal e ex-Primaz do Brasil, Dom Lucas Moreira Neves, publicou, no Jornal do Brasil, dois famosos artigos sobre a televisão brasileira. Esses foram publicados também na Revista “Pergunte e Responderemos” (n. 375, 1993, pg. 357ss)”. No primeiro texto, cujo título é J’Accuse! (Eu acuso!), o prelado afirmava entre outras coisas: “Eu acuso a TV brasileira pelos seus muitos delitos. Acuso-a de atentar contra o que há de mais sagrado, como seja, a vida. Acuso-a de disseminar, em programas variados, ideias, crenças, práticas e ritos ligados a cultos. Ela se torna, deste modo, veículo para a difusão da magia, inclusive magia negra, satanismo, rituais nocivos ao equilíbrio psíquico. Acuso a TV brasileira de destilar em sua programação e instalar nos telespectadores, inclusive jovens e adolescentes, uma concepção totalmente aética da vida: triunfo da esperteza, do furto, do ganho fácil, do estelionato. Nesse sentido, mere…

Domingo da Misericórdia!

Imagem
Jesus Ressuscitado anuncia e proclama a paz. Mas não é uma paz qualquer, é a paz que vem do coração de Deus, a paz mais profunda e mais necessária, a paz que vence todo medo, a desconfiança e a incredulidade. Quando a morte, o pecado e o mal são vencidos, tudo aquilo que pode tirar a nossa paz é derrotado com a Morte e a Ressurreição gloriosa de Jesus. Por isso nos encontrar com Jesus Ressuscitado é nos encontrar com a paz da qual o nosso coração precisa! Nós não vamos sair deste mundo, não vamos deixar de passar pelas tribulações, pelas dificuldades e pelas angústias da vida, contudo, o nosso coração já tem um refúgio e a certeza da paz definitiva. Por isso, estar e se encontrar com Cristo é viver a Sua paz inquieta, é viver a Sua paz, que restaura tudo aquilo que está destruído e machucado dentro de nós. A paz de Jesus é a cura e a libertação de que o nosso coração tanto necessita! Jesus Ressuscitado sopra sobre nós o Seu Santo Espírito que opera o perdão e a misericórdia. O mesmo …

Ressuscitou de Verdade!

Imagem
Uma antiga e sempre atual saudação para o Tempo Pascal resume, em poucas palavras, a fé dos cristãos: “Cristo ressuscitou!”. A resposta confirma a convicção: “Ressuscitou de verdade!”. Essa saudação pode ser retomada na Liturgia e repetida nos cumprimentos entre as pessoas e, mais ainda, pode ser roteiro de vida. É o nosso modo de desejar uma Santa Páscoa a todos, augurando vida nova e testemunho vivo do Ressuscitado, com todas as consequências para a vida pessoal e para a sociedade.
Celebrar a Páscoa é penetrar no mistério de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nos dias de Semana Santa, saltaram à vista Seu modo tão divino e humano de viver a entrega definitiva. “Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que tinha chegado a sua hora, hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim” (Jo 13,1). É a entrega livre daquele de quem ninguém tira a vida, mas se faz dom de salvação. Jesus Cristo, que é verdadeiro Deus, oferece o testemunho de inigualáv…

Feliz Páscoa!!!

Imagem
O Blog Um Simples Servo de Cristo deseja a todos os leitores e suas famílias uma Santa Páscoa! E que o Cristo Ressuscitado esteja sempre presente em nossa Caminhada!

Cristo Ressuscitou!!!

Imagem
No primeiro dia da semana, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, Maria Madalena foi ao túmulo e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. Ela saiu correndo e foi se encontrar com Simão Pedro e com o outro discípulo, aquele que Jesus mais amava. Disse-lhes: “Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o colocaram”. Pedro e o outro discípulo saíram e foram ao túmulo. Os dois corriam juntos, e o outro discípulo correu mais depressa, chegando primeiro ao túmulo. Inclinando-se, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. Simão Pedro, que vinha seguindo, chegou também e entrou no túmulo. Ele observou as faixas de linho no chão, e o pano que tinha coberto a cabeça de Jesus: este pano não estava com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. O outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo, entrou também, viu e creu. De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.
Comentário

A festa da Páscoa de Jesus Cristo …

Ele não está aqui, ressuscitou!!!

Imagem
Ele não está aqui, ressuscitou! - Mc 16, 1-7 Passado o sábado, Maria Madalena e Maria, a mãe de Tiago, e Salomé compraram perfumes para embalsamar o corpo de Jesus. E bem cedo no primeiro dia da semana, ao raiar do sol, foram ao túmulo. [...] Mas o jovem lhes disse: “Não vos assusteis! Procurais Jesus, o nazareno, aquele que foi crucificado? Ele ressuscitou! Não está aqui! Vede o lugar onde o puseram! Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro: ‘Ele vai à vossa frente para a Galileia. Lá o vereis, como ele vos disse!’”.
Comentário:

Depois do descanso sabático, na madrugada do primeiro dia da semana, chamado pelos antigos de dia do sol, as mesmas mulheres que estavam ao pé cruz (Mc 15,40) compram aromas com a intenção de ungir o corpo de Jesus. Esse fato evoca 14,3-9, em que uma mulher anônima unge a cabeça de Jesus com perfume de nardo; Jesus mesmo interpreta esse gesto realizado na casa de Simão, o leproso, em relação à sua própria morte. Aqui, em nosso relato, a intenção de ungir o…

Amou-nos até o fim!

Imagem
Anúncio da Paixão de Cristo - Jo 18, 1 - 19, 42
Neste dia as palavras devem ceder lugar ao silêncio e à contemplação. Trata-se, ao fazer memória da paixão e morte do Senhor, de estar com ele. É a oportunidade de permitir que o nosso olhar, encontrando Jesus no seu sofrimento, nos transforme profundamente segundo a graça de Deus. Ao apresentar Jesus à multidão, depois de tê-lo duramente açoitado e humilhado, Pilatos se dirige à multidão: “Eis o homem!”. De fato, Jesus é o homem que realiza o projeto de Deus para o ser humano feito à sua imagem e semelhança. Mas este homem é, também, o homem desfigurado pelo mal presente na humanidade, desfigurado a ponto de não parecer sequer humano. O que desfigura o servo fiel de Deus é o mal que seduz e destrói. Aquele que “passou pelo mundo fazendo o bem” é acusado, segundo nosso relato, de ser um malfeitor. Aquele que só falou o bem e fez a muitos viverem pelo sopro de sua palavra, aquele que é a Palavra encarnada do Pai, é condenado como blasfem…

Foi por Você!

Imagem

O Lava-pés

Imagem
Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que tinha chegado a sua hora, hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim. Foi durante a ceia. O diabo já tinha seduzido Judas Iscariotes para entregar Jesus. Sabendo que o Pai tinha posto tudo em suas mãos e que de junto de Deus saíra e para Deus voltava, Jesus levantou-se da ceia, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-a à cintura. Derramou água numa bacia, pôs-se a lavar os pés dos discípulos e enxugava-os com a toalha que trazia à cintura. Chegou assim a Simão Pedro. Este disse: "Senhor, tu vis lavar-me os pés? Jesus respondeu: "Agora não entendes o que estou fazendo; mais tarde compreenderás". Pedro disse: "Tu não me lavarás os pés nunca!" Mas Jesus respondeu: "Se eu não te lavar, não terás parte comigo". Simão Pedro disse: "Senhor, então lava-me não só os pés, mas também as mãos e a cabeça". Jesus respondeu: "Quem tomou banho não pr…

Traição de Jesus por um dos Doze

Imagem
Um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os sumos sacerdotes e disse: “Que me dareis se eu vos entregar Jesus?”. Combinaram trinta moedas de prata. E daí em diante, ele procurava uma oportunidade para entregá-lo. No primeiro dia dos Pães sem fermento, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: "Onde queres que façamos os preparativos para comeres a páscoa? Jesus respondeu: "Ide à cidade, procurai certo homem e dizei-lhe: 'O Mestre manda dizer: o meu tempo está próximo, vou celebrar a ceia pascal em tua casa, junto com meus discípulos"'. Os discípulos fizeram como Jesus mandou e prepararam a ceia pascal. Ao anoitecer, Jesus se pôs à mesa com os Doze. Enquanto comiam, ele disse: “Em verdade vos digo, um de vós me vai entregar". Eles ficaram muito tristes e, um por um, começaram a perguntar-lhe: "Acaso sou eu, Senhor?" Ele respondeu: "Aquele que se serviu comigo do prato é que vai me entregar. O Filho do Homem se vai, confor…