terça-feira, 20 de agosto de 2013

Fique Bem



Fizeram as malas
Projetaram-se em sonhos
Inseriram-se em projetos
E caminharam longamente
Tempo de inclusão e aprendizado.

De repente, como um vulcão
Expeliram-se em larvas
Amedrontaram os próximos
Minaram ilusões, excluíram-se
Cambalearam em seus egos.

Desapegaram-se de tudo e de todos
Amores, afetos adquiridos e doados
Reduziram-se a um virar as costas
Sem malas, apenas uma bolsa a tiracolo
E uma bagagem infinda de saudade.

Célia Rangel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Que o caminho seja brando a teus pés,
o vento sopre leve em teus ombros,
Que o sol brilhe cálido sobre sua face,
as chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
Deus te guarde na palma de sua mão"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...