terça-feira, 16 de outubro de 2012

As três árvores



Num ponto alto de uma montanha, três árvores ainda em formação conversam sobre o que queriam que Deus lhes reservassem para o futuro.
A primeira árvore disse:

- Eu, quando crescer, quero ser transaformada em um baú, pois assim poderei guradar grandes tesouros.

A segunda árvore disse:

- Eu, quando chegar a hora, quero ser transformada em uma grande embarcação. Quero trasnportar pessoas muito importantes.

- Eu não quero ser cortada nunca. - disse a terceira árvore - Quero ficar aqui em cima, pois quando as pessoas olharem pra mim, quero que vejam este céu maravilhoso e lembrem sempre de Deus.

O tempo passou, as árvores cresceram e vieram os lenhadores.

Cortaram a primeira árvore e fizeram um cocho para alimentar os animais. Cortaram a segunda árvore e fizeram um barquinho muito simples e fraco.

Os lenhadores foram insensíveis, derrubaram a terceira árvore, cortaram-na em forma de vigas e jogaram dentro de um galpão escuro e feio.

As três árvores lamentavam-se sobre os seus destinos, não acreditavam que Deus as tivesse abandonado.

Passado algum tempo, uma mulher deu à luz um menino e, sem ter onde colocá-lo, usou o cocho como berço. Aí, a primeira árvore viu que Deus deu a ela um destino muito melhor do que o que ela pediu, pois pôde guardar o maior tesouro do mundo.

Passado mais algum tempo, um grupo de pessoas saiu para pescar naquele barquinho e, quando o mar começou a jogar fortemente aquele barco pra lá e pra cá, tentando matar a todos, um jovem se levantou e ordenou que o mar se acalmasse, e isso aconteceu. Aí, a segunda árvore també percebeu que estava tranportando o Rei dos Reis, a pessoa mais importante do mundo.

Algum tempo depois, Jesus foi crucificado e a maderia utilizada para a confecção da cruz foi da terceira árvore que estava guardada no galpão. Graças a Deus, ele ressuscitou no terceiro dia, e o símbolo da cruz permaneceu para que, durante toda a eternidade, todos que a olhem, se lembrem de Jesus Cristo e da bondade de Deus.


Moral

Às vezes pensamos que Deus não está atendendo nossos pedidos. Talvez seja porque nos reserva algo muito melhor e grandioso.

Um comentário:

"Que o caminho seja brando a teus pés,
o vento sopre leve em teus ombros,
Que o sol brilhe cálido sobre sua face,
as chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
Deus te guarde na palma de sua mão"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...