sexta-feira, 16 de março de 2012

Céu Cinzento

Cai chuva do céu cinzento
Que não tem razão de ser.
Até o meu pensamento 
Tem chuva nele a escorrer.
Tenho uma grande tristeza
Acrescentada à que sinto.
Quero dizer-ma mas pesa
O quanto comigo minto.
Porque verdadeiramente
Não sei se estou triste ou não.
E a chuva cai levemente
Dentro do meu coração


Fernando Pessoa

3 comentários:

  1. olá Anderson, sei que voce está sempre conosco, mas vim lhe pedir uma força ao companheiro da nossa corrente Neto. Ele postou que sua mãe está com entupimento em 3 artérias e terá que fazer uma cirurgia em São Paulo hoje. Peço sua visita no blog "Todo amor que houver", e uma msg de apoio ao amigo, se posível. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Tempos de reflexão... até o céu se reveste para amenizar nossos pensamentos.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Hey só passando pra dizer que estou de volta... Vou continuar com a corrente tambem... ate mais abraço...

    Kiil Informática.

    ResponderExcluir

"Que o caminho seja brando a teus pés,
o vento sopre leve em teus ombros,
Que o sol brilhe cálido sobre sua face,
as chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
Deus te guarde na palma de sua mão"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...