quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Um Espada para Cristo: As Cruzadas ( Parte II )

Desde quando o islã conquistou os lugares santos, quatro séculos antes, havia certa tolerância em relação aos cristãos. é sabido que os peregrinos podiam visitar esses locais sem ser muito incomodados e até podiam contar com a presença discreta de alguns representantes do clero.
mas tudo mudaria nas proximidades do ano 1000.
É que entravam em cena os chamados turcos seldjúcidas, que constituíam uma nação jovem, em plena e rápida expansão e que, entre outras particularidades, orientavam suas vidas e práticas políticas políticas extremamente a partir do Islão e suas leis sagradas.
Isso fez que esses guerreiros não mais reconhecessem e respeitassem os acordos com cristãos europeus.
Quando conquistavam Jerusalém em 1076, a primeira coisa que fizeram foi espalhar o terror entre os cristãos peregrinos.
Desta forma, pode-se afirmar que o primeiro motivo que levou Urbano II a convocar as Cruzadas tenha sido libertar o Santo Sepulcro das mãos daqueles turcos seldjúcidas, para que os cristãos pudessem
ali rezar sem ser perturbados. Mas havia, certamente, outros motivos, bem mais, digamos, pertinentes naquele momento.
É Claro que havia motivos bem mais humanos, principalmente por parte das milhares de pessoas que acolham a convocação de Clermont; a França, por exemplo, estava sofrendo com o super-povoamento; a falta de ouro e a esperança de conseguir riquezas nas terras conquistadas no Oriente mexiam com a vontade dos guerreiros, principalmente com a cabeça dos mercadores, uma vez que os portos italianos de Pisa, Gênova e Veneza estavam muito interessados nessas expedições;

Não Perca nossa Próxima Postagem, com a parte final deste Artigo sobre as Cruzadas!

Um comentário:

  1. Anderson, valiosas suas postagens! Isso é cultura religiosa de grande valor. Parabéns! Célia.

    ResponderExcluir

"Que o caminho seja brando a teus pés,
o vento sopre leve em teus ombros,
Que o sol brilhe cálido sobre sua face,
as chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
Deus te guarde na palma de sua mão"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...